segunda-feira, 13 de abril de 2015

Confira como foi a campanha dos finalistas da Copa do Nordeste até chegarem a final


Ceará Sporting Club

     A grande final desta edição da Copa do Nordeste será um duelo de invictos. O Vozão concluiu a primeira fase em primeiro lugar no Grupo D, que tinha como adversários Fortaleza, River-PI e Botafogo-PB. Somando as duas fases, foram cinco vitórias e cinco empates, somando portanto 20 pontos ao longo da competição. A equipe Cearense marcou 13 gols e sofreu 7, resultando em saldo de 5 gols positivos. Dos 13 gols marcados, 5 foram de Magno Alves, um dos vice-artilheiros da competição ao lado de Kieza do Bahia. Os dois estão a apenas um gol de Max do América-RN, atual artilheiro da competição. Agora, o alvi-negro terá o privilégio de jogar a grande decisão em casa diante da sua torcida por ter tido melhor campanha que o Bahia. Lembrando sempre que não há vantagem de resultados iguais, apenas o gol marcado fora de casa serve como primeiro critério de desempate.

Esporte Clube Bahia

     O Tricolor da boa terra também foi primeiro colocado no seu grupo exatamente com a mesma pontuação e número de vitórias do seu rival: 12 pontos com três vitórias. Mesmo levando vantagem na primeira fase, onde teve um saldo positivo de 3 gols e 9 gols marcados, e somando o mesmo número de pontos do Ceará durante as duas fases, a equipe de Sérgio Soares teve um gol a menos de saldo (6 contra 5), o que o faz jogar a segunda partida fora de casa. O Bahia busca o tricampeonato da competição, enquanto o Ceará tenta sua primeira conquista.

domingo, 12 de abril de 2015

Bahia vence o Sport em jogo emocionante e garante vaga na final do Nordestão

     Depois de 13 anos o Esporte Clube Bahia terá uma nova chance para conquistar o tri-campeonato da Copa do Nordeste. Após empatar com o Sport na Ilha do Retiro pelo placar de 0 a 0, o time do técnico Sérgio Soares entrou em campo na Fonte Nova apoiado por mais 40 mil torcedores enlouquecidos.
     Mesmo terminando a primeira etapa em desvantagem perdendo por 1 a 0, o Tricolor conseguiu se organizar melhor na segunda etapa e mudou o jogo logo no início da etapa final. Aos 7 minutos empatava a partida e aos onze já virava o placar.
     Logo em seguida, Renê cobrou falta, e o goleiro do Bahia Douglas Pires falhou feio e viu o Sport conseguir novamente o placar que lhe dava vaga na final. Porém, o herói do jogo Souza apareceu novamente e no rebote de Magrão marcou o seu terceiro gol na partida e garantiu a vaga Tricolor na final. (Veja os gols no vídeo acima)
     Agora, o Bahia enfrentará o Ceará que eliminou o Vitória ontem na grande final. O primeiro jogo acontecerá no dia 22 de abril na Fonte Nova, enquanto a volta será no dia 29 no Castelão em Fortaleza.